Como treinar seu cérebro para ser otimista

Juliana Solorzano Nutricionista Distrito Federal
Nutricionista fala sobre alimentação consciente
25 de julho de 2017
Como cuidar de si mesmo
4 de outubro de 2017
Mostrar tudo
otimista

Se você ligar o noticiário noturno depois de um longo dia de trabalho, irá perceber que realmente a vida não está fácil para a maioria das pessoas. São guerras civis, crises econômicas, falta de emprego e segurança, assaltos e tantas outras tragédias que assolam milhares de vidas. Pensar em otimismo nessas horas pode ser até errado para algumas pessoas, mas isso não pode impedir você de busca uma vida melhor.

Ser otimista não significa estar sempre feliz e em paz, nem acreditar que todas as coisas irão dar certo no final, mas quer dizer a maneira como alguém reage quando os problemas chegam (e muitas vezes não vão mais embora). Otimistas saudáveis não ignoram as situações ruins, mas sabem encará-las com a perspectiva da esperança, mesmo quando todo o mundo parece estar contra eles.

Para ser otimista, confira duas dicas de como treinar seu cérebro com hábitos simples:

Como treinar seu cérebro para ser otimista: Medite
Procure praticar o hábito da meditação. Você pode fazer isso andando, tomando um café ou chá e também a partir de técnicas específicas, como a yoga. Não reaja aos problemas e situações. Você deve tomar decisões a partir de raciocínios concretos e equilibrados, sem a interferência de emoções exacerbadas e equivocadas.

Como treinar seu cérebro para ser otimista: Seja engajado
Se envolva em atividades que têm real significado para você, como a profissão, um hobby, esportes ou o voluntariado. Não importa o que seja, mas faça. Esse tipo de coisa ajuda você a tirar os pensamentos dos problemas e, por exemplo, no caso do voluntariado, perceber outras necessidades que não são suas, mas podem ser resolvidas com gestos simples.

Author Details

Deixe um Comentário

comentarios